HOME BIO DISCOGRAFIA LIVRO REMIX E TRILHAS TEXTOS GALERIA LINKS CONTATO


MEUS DISCOS E NADA MAIS

Um DJ não é apenas um tocador de discos. O DJ Zé Pedro, um fã assumido da música brasileira, vai muito mais além. Desde criança pesquisa e ouve de tudo sem preconceito: bossa nova, sambas antigos e tropicalismo. Nenhum estilo é esquecido. Fernanda Abreu, Agostinho dos Santos, Clara Nunes, Antonio Carlos e Jocafi e Elis Regina. Todos num caldeirão de ritmos e tendências, que resultam no livro Meus Discos e Nada Mais — Memórias de um DJ na Música Brasileira, um remix da memória afetiva e auditiva do autor, um mergulho extremamente pessoal no universo da MPB da mais alta qualidade.
Em ordem cronológica de lançamento, desde os anos 1960 até os dias de hoje, Zé Pedro analisa e comenta os discos com as razões do coração: acrescenta trechos de letras, relembra encontros, conta histórias pessoais que se mesclam com a própria história do Brasil e relata, emocionado, seu encontro com Maria Bethânia, quando ele era apenas uma menino carregando sua enorme coleção de discos que coleciona até hoje. A música brasileira para Zé Pedro é preciosidade. 

Ao abrir o livro, seguimos a trilha das descobertas musicais do autor, suas impressões ao ouvir cada disco, como se estivessemos num animado bate-papo, sem deixar de lado a profundidade de grande conhecedor de musica, prestando atenção nos arranjos, nas harmonias e nas particularidades de cada artista.

A enorme curiosidade de fã, principalmente pelas intérpretes femininas, o faz buscar nomes de cantoras eternas como Ângela Maria, esquecidas como Tuca ou desaparecidas no tempo como Evinha. Declara seu amor por elas sem nenhuma vergonha de ser tiete. Fala delas com paixão e dos cantores com admiração. Zé tira poesia de tudo o que ouve, dedica cada segundo das 24 horas do seu dia à música brasileira e faz dela seu trabalho e sua vida.

Ele começa a análise de cada disco partindo das frases marcantes daquelas músicas que foram inesquecíveis para todos nós. Quem não se lembra de "Preta Pretinha" dos Novos Baianos ou "Rapte-me Camaleoa" de Caetano Veloso, ou mesmo a música de abertura da novela Dancin' Days com as Frenéticas. É um livro que emociona, não apenas pelas lembranças do autor, mas pelas nossas próprias emoções provocadas pelas dele.

Com um depoimento generoso da cantora Zélia Duncan na orelha e um projeto gráfico instigante, o livro Meus Discos e Nada Mais é uma deliciosa e divertida leitura, cheio de opiniões que você pode ou não concordar, afinal gosto musical se discute sim !
A importância para a música popular brasileira de Zé Pedro é inegável.Ele é um colecionador apaixonado, um pesquisador incansável, que guarda seus discos com ciúme e reformula do seu jeito canções antigas e modernas em forma de remixes, fazendo nascer uma música nova, sucesso nas pistas de dança e desfiles de moda no Brasil e no mundo.